alttext




ALEXANDRE HORSTMANN.
Determinação de Pontos de Impacto Balístico Utilizando Arranjo de Geofones. 05/02/2007
1v. 118p. Mestrado
Orientador(es): MARCÍLIO CASTRO DE MATOS, JOSÉ ANTONIO APOLINÁRIO JUNIOR
Área(s) do conhecimento:
PROCESSAMENTO DIGITAL DE SINAIS
Linha(s) de pesquisa:
PROCESSAMENTO DE SINAIS
Resumo:
A dissertação propõe um sistema de aquisição sísmica de baixo custo para localização de eventos sísmicos causados por explosões, impactos balísticos e os gerados por disparos de armamento de grosso calibre, tais como os morteiros, para o Exército Brasileiro. A resolução do problema foi dividida em três etapas: aquisição dos dados sísmicos, detecção das ondas sísmicas e localização do epicentro do evento sísmico. A aquisição dos dados sísmicos foi realizada utilizando geofones convencionais e microcomputadores equipados com placa de aquisição de sinais. A detecção das ondas sísmicas foi implementada através de filtragem no domínio tempo-freqüência utilizando a transformada S. O algoritmo de localização envolve a resolução de um sistema não-linear, cujas variáveis são a velocidade de propagação vertical da onda sísmica e as coordenadas do alvo, utilizando dois métodos: o convencional e o de minimização pelo método dos mínimos quadrados. Os resultados mostraram que a eficácia na detecção do evento sísmico é fundamental para se obter uma boa precisão na localização do alvo.
TEXTO COMPLETO


CLAUDIO CANTO DOS SANTOS. Estimação de Canais de HF Usando o Algoritmo LMS para Aplicação em Equalização DFE. 21/12/2007
1v. 68p.
Orientador(es): JURACI FERREIRA GALDINO, ERNESTO LEITE PINTO
Área(s) do conhecimento:
SISTEMAS DE TELECOMUNICAÇÕES
Linha(s) de pesquisa:
PROCESSAMENTO DE SINAIS 
Resumo:
A transmissão digital na faixa de HF viabiliza características tais como mobilidade de transceptores, baixo custo   operacional, baixa demanda de tempo para operação, cobertura de longas distâncias (milhares de quilômetros) por reflexão ionosférica, assim como cobertura de distâncias de até uma centena de quilômetros através de ondas terrestres, sem a necessidade de visada direta. Por outro lado, também se caracteriza pela ocorrência de interferência intersimbólica severa e ruído aditivo, apresentando ainda características de desvanecimento variante no tempo, dificultando seu uso eficiente.
Neste trabalho será investigado o desempenho do algoritmo Least Mean Square (LMS) na estimação de canais com tais características, tendo como indicador, o erro médio quadrático nos coeficientes (MSWE, de Mean Square Weight estimation Error) em regime permanente. A análise aqui desenvolvida contempla a otimização do passo (no sentido de minimizar o valor de MSWE em regime permanente) e os efeitos dos filtros de transmissão e de recepção na estimação do canal em tempo discreto.
Em seguida, é discutido o desempenho de equalizadores DFE (Decision Feedback Equalizer) com ajuste de coeficientes baseado na aplicação da teoria de filtragem de Wiener, utilizando a estimativa dos coeficientes da resposta ao impulso do canal em tempo discreto.
Além disso, este trabalho visa analisar o impacto dos erros de estimação de canal no desempenho do equalizador assim ajustado, particularmente para canais de HF, utilizando o critério de erro quadrático médio (EQM) na saída do equalizador e empregando o algoritmo LMS na estimação de canais.
 Finalmente, propõe-se o uso de um novo mapeamento como um possível caminho para melhorar a adaptação dos coeficientes do DFE baseada na estimativa do canal de comunicação.
TEXTO COMPLETO


DIEGO CHAVES SAVELLI. Síntese de Sinais e Escolha de Estrutura de Controladores de Sistemas Elétricos de Potência Interligados Considerando Robustez a Perturbações Externas. 16/08/2007
1v. 113p.
Orientador(es): PAULO CÉSAR PELLANDA, NELSON MARTINS
Área(s) do conhecimento:
ENGENHARIA ELÉTRICA
Linha(s) de pesquisa:
AUTOMAÇÃO E CONTROLE 
Resumo:
Em função do comissionamento da Interligação Norte-Sul do sistema elétrico brasileiro,
surgiu um modo de oscilação interárea fracamente amortecido e de baixa freqüência, que
exigiu a instalação de dois TCSC (do inglês Thyristor Controlled Series Compensator), um
em cada extremidade da linha Norte-Sul, equipados com controladores para amortecimento de
oscilação de potência (POD, do inglês Power Oscillation Damping controllers). O
dimensionamento físico do TCSC, determinado por análise custo-benefício, leva este a saturar
frente a grandes perturbações, reduzindo sua efetividade nos momentos mais críticos e
impondo a utilização de técnicas avançadas de controle para garantir sua utilização mais
efetiva no amortecimento do modo.
Este trabalho aborda o problema da estabilização de modo de oscilação Norte-Sul,
utilizando-se modelo detalhado do sistema elétrico de potência e de ordem elevada,
considerando robustez a perturbações externas e múltiplos pontos de operação. Propõe-se uma
nova estrutura de controlador POD, cujo projeto, apesar de feito através de técnicas lineares,
leva em consideração as não-linearidades presentes tanto no sistema como no equipamento
real, o TCSC.
Visando dimensionamento adequado e econômico do TCSC, torna-se necessária a
investigação de estratégias de rejeição de perturbações adversas a serem implementadas no
POD. Uma estrutura linear e mais simples pode ser utilizada com desempenho igual ou
superior à existente no campo, atendendo às especificações de robustez em face de diversos
cenários operativos, inclusive com reversão de fluxo na interligação, e rejeição de transitórios
indesejados, associados a perdas intempestivas de geração ou de grandes blocos de carga.
Após o projeto do POD através de técnicas lineares, o desempenho conjunto do TCSC e POD
foi aferido através de simulações dinâmicas detalhadas, onde se verifica que os ganhos
previstos na fase linear dos estudos são otimistas.
O estudo utiliza a interligação Norte-Sul e o TCSC da subestação de Serra da Mesa como
referência para testes de desempenho. Os resultados apresentados são relativos a um modelo
do sistema elétrico brasileiro referente ao ano 1999, considerando 17 cenários operativos e
utilizados por grupo de trabalho específico, por ocasião dos estudos de planejamento desta
interconexão. Engenheiros de FURNAS, ONS e CEPEL realizaram alguns testes e prestaram
inúmeros esclarecimentos ao autor e orientadores no decorrer deste trabalho, contribuindo
significativamente para a melhoria da qualidade dos resultados.
TEXTO COMPLETO


DIOGO VIEIRA NOGUEIRA COELHO. Estudo Sobre a Viabilidade de Utilização de Sistemas com Multiplexação por Subportadora. 18/08/2007
1v. 106p.
Orientador(es): MARIA THEREZA MIRANDA ROCCO GIRALDI, MARIA JOSÉ PONTES
Área(s) do conhecimento:
TELECOMUNICAÇÕES
Linha(s) de pesquisa:
ELETROMAGNETISMO APLICADO
Agência financiadora:
CAPES – DS
Resumo:
Os sistemas de transmissão óptica com multiplexação por subportadora podem transmitir uma grande variedade de sinais, analógicos e/ou digitais, simultaneamente, através da fibra óptica. Esses sistemas são atrativos devido a combinação entre a madura tecnologia de Multiplexação por Divisão de Freqüência e as excelentes propriedades dos sistemas ópticos, como a extensa largura de banda, baixa perda e a imunidade à interferência eletromagnética. Este trabalho apresenta um estudo de sistemas de transmissão óptica utilizando a técnica de multiplexação por subportadora com modulação elétrica ASK, QPSK, 16QAM e 64QAM. A partir de resultados experimentais, obtém-se a função de transferência da fibra para sistemas ODSB e OSSB.
Foram realizadas simulações de sistemas SCM, em software comercial OptiSystem, para as técnicas de modulação elétrica citadas anteriormente, onde o desempenho do sistema é medido em termos de diagrama de olho e taxa de erro de bit. Além disto, foi simulado um sistema SCM com modulação elétrica 16QAM em software Matlab. Para finalizar, mostram-se os resultados de uma simulação de sistema SCM com óptica no espaço livre e modulação elétrica ASK.
A partir dos resultados obtidos percebe-se que o efeito de intermodulação gerado pela fibra óptica monomodo padrão faz com que as subportadoras multiplexadas apresentem espaçamento variável, constituindo um fator limitante do desempenho de sistemas SCM. Propõe-se o uso de fibras DCF para compensar o efeito dispersivo na fibra óptica monomodo padrão sobre sinais ODSB, permitindo que o sistema obtenha resposta em freqüência semelhante a resposta de sistemas OSSB.
Verifica-se que o meio de transmissão FSO não gera intermodulação entre os canais de transmissão permitindo um espaçamento uniforme entre estes. O aumento do número de canais de informação é acompanhado de uma diminuição na distância entre os transceptores do sistema.
TEXTO COMPLETO


JONAS LUÍS DE SOUZA PINTO. Implementação de uma Metodologia para Avaliação do
Desempenho em Sistemas Inerciais Puros. 04/12/2007
1v. 100p.
Orientador(es): Geraldo Magela Pinheiro Gomes, Pedro Cunha Campos Roquette
Área(s) do conhecimento:
ENGENHARIA ELÉTRICA
Linha(s) de pesquisa:
AUTOMAÇÃO E CONTROLE
Resumo:
Este trabalho apresenta uma ferramenta computacional que auxilia na análise, no
projeto e na especificação de sistemas inerciais e no desenvolvimento de sensores inerciais.
Esta ferramenta é desenvolvida a partir de uma metodologia para cálculo e propagação
de incertezas em um algoritmo, composto por um conjunto de equações diferenciais.
A partir de dados estatísticos dos parâmetros dos modelos de giroscópios e acelerômetros
(deriva sistemática, fator de escala, desalinhamento, ...) e de perfis dinâmicos
associados à missão que se deseja cumprir, essa ferramenta calcula e gera envelopes de
incertezas das informações de navegação e de estabilização (latitude, longitude, altura,
rolamento, arfagem, rumo,...), ao longo desse perfil dinâmico, com um nível de confiabilidade
de 95,45%.
Este software ajudará o projetista avaliar se o conjunto de sensores utilizados em
um sistema inercial está adequado às especificações da missão. Também será possível
analisar a sensibilidade das informações de navegação e de estabilização em relação a
um determinado parâmetro do sensor inercial isoladamente. Dessa forma, será possível separar os parâmetros mais sensíveis dos sensores à realização da missão e direcionar os
esforços de projeto para melhorar esses parâmetros.
TEXTO COMPLETO


JOSÉ RICARDO CABRAL AVELAR. Estabilização Simultânea por Controladores de Ordem Pré-Fixada: Solução Baseada no Método das Projeções Alternadas. 14/12/2007
1v. 139p.
Orientador(es): Paulo Cesar Pellanda, Decílio de Medeiros Sales
Área(s) do conhecimento:
ENGENHARIA ELÉTRICA
Linha(s) de pesquisa:
AUTOMAÇÃO E CONTROLE
Resumo:
Este trabalho trata do problema de alfa-estabilização simultânea de plantas com múltiplas entradas e saídas, por controladores de ordem pré-fixada, utilizando como base o método das projeções alternadas.
O objetivo é não apenas solucionar problemas específicos, mas desenvolver uma metodologia generalizada, eficiente e confiável para cálculo de um único controlador que estabilize as várias plantas envolvidas no sistema. Um algoritmo computacional foi proposto para implementar a metodologia desenvolvida e proporcionar resultados que permitam avaliar a sua eficiência ao ser empregada em diversos casos da literatura especializada.
O trabalho apresenta, inicialmente, um estudo das ferramentas a serem utilizadas na metodologia, e um estudo de sua aplicação para solução de problemas de uma única planta, para posterior aperfeiçoamento e adaptação ao problema multiplanta. Em seguida, é feita uma apresentação formal do problema a ser resolvido, é apresentada a metodologia existente (para uma única planta) e é proposta a nova metodologia (para várias plantas), ressaltando as mudanças realizadas.
O método proposto é testado em diversos modelos, tanto acadêmicos quanto reais, resultando em sistemas alfa-estáveis em malha fechada.
TEXTO COMPLETO


ROBSON FRANÇA DE MORAES. Equalizadores Turbo de Baixa Complexidade Computacional para Canais de HF. 13/02/2007
1v. 81p.
Orientador(es): Ernesto Leite Pinto
Área(s) do conhecimento:
ENGENHARIA ELÉTRICA
Linha(s) de pesquisa:
PROCESSAMENTO DE SINAIS
Resumo:
A transmissão digital na faixa de HF viabiliza características tais como mobilidade de transceptores, baixo custo operacional, baixa demanda de tempo para operação, cobertura de longas distâncias (milhares de quilômetros) por reflexão ionosférica, assim como cobertura de distâncias de até uma centena de quilômetros através de ondas terrestres, sem a necessidade de visada direta. Por outro lado, também se caracteriza pela ocorrência de interferência intersimbólica severa e ruído aditivo, apresentando ainda características de desvanecimento variante no tempo, dificultando seu uso eficiente.
Neste trabalho será investigada a aplicação de equalização turbo a canais com tais características, já que este esquema de recepção iterativo tem se destacado na literatura atual por apresentar baixas taxas de erro mesmo para pequenos valores de razão sinal ruído. Porém sua implementação prática em equipamentos de recepção ainda é difícil, devido à sua complexidade computacional.
O objetivo deste trabalho é avaliar algoritmos existentes de equalização turbo de complexidade reduzida propostos recentemente para o caso de canal de HF. São propostos ainda dois algoritmos, baseados em modificações em outros já existentes, que apresentam menor complexidade computacional sem gerar grande perda de desempenho.
Como o canal é variante no tempo, um estimador de canal deve ser implementado. Para tanto um estimador iterativo é apresentado, o qual utiliza informação suave em sua entrada para aprimorar as estimativas fornecidas entre intervalos de treinamentos.
Por fim, é realizada uma avaliação de complexidade visando avaliar previamente a possibilidade de implementação de tais algoritmos em DSPs existentes no mercado.
TEXTO COMPLETO


STEFAN CAVALCANTE BERNAT JUNIOR. Modulação Adaptativa Baseada na Predição da Métrica de Adaptação para Canais com Desvanecimento Plano. 01/12/2007
1v. 96p.
Orientador(es): Ernesto Leite Pinto, Juraci Ferreira Galdino
Área(s) do conhecimento:
ENGENHARIA ELÉTRICA
Linha(s) de pesquisa:
PROCESSAMENTO DE SINAIS
Resumo:
Este trabalho aborda o tema de modulação adaptativa para canais caracterizados pelo efeito do desvanecimento plano em freqüência tendo, como métrica de adaptação, a razão sinal-ruído média por bloco. Maior ênfase é dada à obtenção da expressão analítica da função de autocorrelação deste parâmetro, e ao combate à degradação de desempenho dessa técnica de modulação diante de atrasos no canal de retorno.
A partir de hipóteses comumente adotadas na modelagem estatística do canal de comunicação, do ruído aditivo e da informação transmitida, obtem-se a expressão analítica da função de autocorrelação do estimador de máxima verossimilhança da razão sinal-ruído média por bloco, em função de parâmetros tipicamente encontrados em sistemas de comunicações.
A fim de combater a degradação de desempenho provocada pelo atraso no canal de retorno, é proposta uma nova estratégia de modulação adaptativa baseada na predição linear do parâmetro de adaptação, cujos coeficientes do preditor são expressos em termos da função de autocorrelação obtida nesta dissertação.
Várias avaliações e comparações de desempenho são realizadas via simulação computacional de Monte Carlo, tendo como figuras de mérito a taxa de erro de bit e a eficiência espectral dos sistemas avaliados. Os diversos resultados obtidos, sob variadas condições de simulação, indicam um bom ajuste entre os valores empíricos da função de autocorrelação do parâmetro de adaptação e aqueles fornecidos pelas expressões analíticas desta função. Os resultados de simulação indicam também que a técnica de modulação adaptativa proposta apresenta melhores características de desempenho que a técnica de modulação adaptativa convencional.
TEXTO COMPLETO


WANDER FERREIRA MARTINS. Controle Fuzzy em Tempo Real, Aplicado ao Sistema Plataforma-Esfera.. 12/04/2007
1v. 112p.
Orientador(es): Antonio Eduardo Carrilho da Cunha, Geraldo Magela Pinheiro Gomes
Área(s) do conhecimento:
ENGENHARIA ELÉTRICA
Linha(s) de pesquisa:
AUTOMAÇÃO E CONTROLE
Resumo:
Este trabalho trata do desenvolvimento e aplicação em tempo real de técnicas de
controle de posição e velocidade de uma esfera rolando sobre uma plataforma articulada
em seu centro de gravidade e cuja inclinação é comandada por atuadores (motores DC),
movimentando a plataforma nos dois eixos.
O objetivo do controle é levar a esfera, rolando sobre o plano, de um ponto inicial
a um outro previamente determinado. O sensoriamento de posição é feito através de
uma câmera de TV que focaliza o plano da plataforma, onde a esfera se sobressai por
contraste na imagem (esfera vermelha e fundo preto). Um algoritmo computacional foi
desenvolvido para converter a imagem em posições x e y das coordenadas da esfera no
plano da plataforma.
Foram concebidos, projetados e implementados controladores com base na lógica
fuzzy por ser a mais bem adaptada para operar com esse tipo de modelo, que apresenta
enorme efeito de zona morta e forte dinâmica não linear.
O trabalho apresenta, inicialmente, o estudo e o aperfeiçoamento do modelo matemático
da planta física. Em seguida, mostra a teoria de controladores fuzzy com as funções
de pertinência e as regras adaptadas ao emprego neste trabalho.
Os resultados são apresentados em casos específicos e divididos em duas categorias:
um capítulo com resultados de simulações efetuadas, em Matlab, com os modelos matemáticos
da planta e do controlador fuzzy e, em outro capítulo, os resultados obtidos
com o controlador fuzzy implementado em C++ , controlando a plataforma em tempo real.
 TEXTO COMPLETO


ÂNGELO MÁRCIO CARDOSO RIBEIRO BORZINO. Um Estudo Sobre a Criptoanálise de Sinais de Voz Cifrados no Domínio da Freqüência. 14/02/2007
1v. 130p.
Orientador(es): José Antonio Apolinário Junior, Dirceu Gonzaga da Silva
Área(s) do conhecimento:
ENGENHARIA ELÉTRICA
Linha(s) de pesquisa:
PROCESSAMENTO DE SINAIS
Resumo:
Esta dissertação apresenta uma contribuição à criptoanálise de sinais de voz cifrados no domínio da freqüência. Uma introdução geral sobre criptofonia é dada de forma que detalhes mais específicos relativos aos misturadores implementados usando DFT e banco de filtro do tipo DFT uniforme são providos. São feitas comparações entre eles a fim de verificar as vantagens e desvantagens de cada um.
O objetivo da criptoanálise é tornar inteligível uma informação cifrada, sem o prévio conhecimento da chave (permutação, neste caso) usada no processo de embaralhamento. A técnica utilizada neste trabalho foi a busca em um codebook formado pela quantização de vetores que representam a potência espectral de quadros extraídos de sinais contendo todos os fonemas da Língua Portuguesa. Propostas de melhoria dessa técnica são apresentadas e resultados mostram um aumento na inteligibilidade dos sinais criptoanalisados.
É ainda proposta uma medida de desempenho objetiva com a finalidade de determinar a inteligibilidade de um sinal que teve suas sub-bandas de freqüência permutadas; essa nova medida mostrou significativa correlação com a avaliação subjetiva.
Por fim, foi realizada uma análise de desempenho para mostrar que os efeitos
deletérios de um canal HF degradam mais o sinal criptoanalisado que a presença de ruído branco aditivo.
PÁGINAS INICIAIS